sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Mar | Dez perguntas a Vânia Calado



1 Quem é que interpreta em “Mar”
A Mãe

2 Descreva um pouco o seu percurso. (formação teatral, que peças já fez, onde começou a fazer teatro, em que companhias já fez teatro, se esta é a sua estreia ou não, etc)
Comecei a fazer teatro com treze anos no Grupo de Teatro Amador Ramada Curto, em Vale da Pinta, com a peça "O Gonzaga" de Ramada Curto e desde 2013 que faço parte da Área de Serviço onde participei nos espectáculos "As Alegres Comadres de Windsor", "Nápoles Milionária", "Pouco Barulho", entre outros.

3 Há alguma cena de “Mar” que goste mais de interpretar?
A cena em que a Mãe vai à taberna à procura do filho depois do barco voltar do mar.

4 Qual é a sua fala preferida do espectáculo?
"Se ele tiver coragem de me ir buscar ao fundo do mar."

5 Tem algum ritual antes do espectáculo?
Não

6 Qual era o seu papel de sonho?
Mrs Lovett no Sweeney Todd

7 Quem é o seu herói dos bastidores?
Não tenho um heroí, mas para mim o trabalho de quem está nos bastidores é o mais importante de todos, é a base para o elenco estar bem e confortável em palco. Sem eles (encenador, director de cena, iluminador...) não havia espectáculo para apresentar ao público.

8 Qual é o seu local preferido do teatro?
Gosto muito de estar atrás do cenário durante o espectáculo a ouvir o que se passa em palco e a acompanhar o elenco a preparar-se para entrar.

9 Qual é o seu momento em palco mais memorável, a que tenha assistido ou que tenha participado e que o/a tenha marcado?
Para mim são sempre memoráveis aqueles momentos em palco em que algo não corre como esperado (porque houve um esquecimento ou um adereço não está onde devia estar, por exemplo). A capacidade de dar a volta ao que está menos bem num curto espaço de tempo para que tudo siga como é esperado é sempre surpreendente.

10 Finalmente como descreve o “Mar” em três palavras.
Forte, Real, Imponente

Sem comentários:

Enviar um comentário