segunda-feira, 30 de março de 2015

O que é o “teatro comunitário”?

TEATRO COMUNITÁRIO
O que é o “teatro comunitário”?
O termo “teatro comunitário” aplica-se à performance teatral feita por, com e para uma determinada comunidade. Pode referir-se ao teatro que é feito inteiramente por uma comunidade, sem ajuda externa; numa colaboração entre os membros da comunidade e artistas de teatro profissional; ou ainda feito inteiramente por profissionais, dirigido a uma comunidade particular.  O teatro comunitário tanto pode ser feito por um pequeno grupo, utilizando um espaço cedido por uma grande companhia que fornece instalações e recursos, como nos seus próprios espaços. Uma comunidade teatral tem como missão contribuir para o capital social de uma comunidade, na medida em que desenvolve as capacidades, o espírito comunitário e a sensibilidade artística de quem participa, seja como interveniente ou público.

Porquê “teatro comunitário”?
A ideologia dominante alimentada pelas facilidades tecnológicas deixa a função de pensar a realidade a cargo dos especialistas, o que habitua as pessoas a acomodarem-se ao que lhes é “servido” pronto a consumir, sem exigir a sua participação, como se estivessemos condenados a habitarmos um mundo, sem o vivenciar. Pouco a pouco, as pessoas vão perdendo o sentido crítico e a individualidade. O teatro comunitário não só proporciona a oportunidade a cada um de agir de acordo com as suas próprias motivações, dentro do grupo, mas também de manter um diálogo com agentes exteriores ao grupo.
No site da American Association of Community Theatre (aact) encontram-se testemunhos bem eloquentes do impacto do teatro vivido pela comunidade, quer em quem o faz como em quem participa como público. De entre esses testemunhos seleccionámos um, aquele que em poucas palavras resume o essencial: “O aspecto mais maravilhoso do teatro comunitário é que é feito pelas pessoas. São os nossos amigos e vizinhos, unidos numa mesma paixão. Se tiver de ir viver para uma terra diferente, entre para o teatro comunitário local. Aí encontrará as melhores pessoas da cidade.”
As melhores pessoas do Cartaxo vão encontrar-se no Centro Cultural, uns no palco, os outros na plateia do Cartaxo. Numa troca de experiências que nasceram já com “Um Marido Ideal” e continuaram em “O Crime de Aldeia Velha”, “As Alegres Comadres de Windsor”, “Nápoles Milionária”, “O Inspector Geral”, “O Dinheiro Não é Tudo na Vida” e agora este “Escândalo nas Notícias da Noite” no Centro Cultural do Cartaxo nesta produção da Área de Serviço com encenação de Frederico Corado!

terça-feira, 17 de março de 2015

Em ensaios do "Escândalo nas Notícias da Noite"

Estamos em ensaios do "Escândalo nas Notícias da Noite", um espectáculo de Frederico Corado. 






Em Abril no Centro Cultural do Cartaxo, a Área de Serviço estreia a sua nova produção com encenação e autoria de Frederico Corado. Estreia em Abril no Cartaxo, "Escândalo nas Notícias da Noite", este é um escândalo que não vai querer perder!

“Escândalo nas Notícias da Noite”
um espectáculo de Frederico Corado
Centro Cultural do Cartaxo
estreia a 17 de Abril
em cena 17, 18 e 19, 24 e 25 de Abril
Reservas: 243 701 600 
centroculturalcartaxo@gmail.com

Com Vânia Calado, Frederico Corado, Carlos Ramos, Vasco Casimiro, João Nunes, Mário Júlio, Ana Ribeiro, Virgínia Teófilo, Helena Montez, Mónica Coelho, João Paulo, Carolina Viana, Ana Patrícia Jorge, Mauro Cebolo, Susana Condinho Pais, Pedro Ouro, Pedro Lino, Luis Rosa Mendes, Paulo Cabral, Rosário Narciso, Amélia Martins, Rita Oliveira, Ana Catarina Casimiro, Daniel Mateus, Pedro Magalhães, Aureliana Campanacho, Jeanine Steuve, Catarina Carmo, Maria José Cerqueira, José Falagueira, Andréa Silva, João Pedro Sousa, Joana Pinheiro, Beatriz Pinho, Isabel Coelho, José Miguel Ribeiro, Inês Nunes, André Vieira, Joana Condinho Pais, etc.

Texto e Encenação: Frederico Corado | Concepção e Execução Cenográfica: Frederico Corado e Mário Júlio | Produção CCC: Marco Guerra e Carlos Ouro | Produção Área de Serviço: Frederico Corado, Florbela Silva e Vânia Calado com a assistência de Pedro Ouro, Carolina Viana, Rita Correia Alves | Grafismo: Cátia Garcia | Assistente de Encenação: Florbela Silva, Cláudia Antunes, Maria Ramalho, Pedro Ouro, Rita Correia Alves | Desenho de Luz: Ricardo Campos | Direcção de Cena: Mário Júlio| Contra-Regra: Amélia Martins | Fotografia: Vitor Neno | Montagem: Mário Júlio, Vitor Lima com a colaboração de Miguel Sena| Uma Produção da Área de Serviço com o Centro Cultural do Cartaxo

Apoio da Temporada: Crédito Agricola | Cartaxo
Apoios Câmara Municipal do Cartaxo | Centro Cultural do Cartaxo | Casa das Peles | Sotinco | JHonório | J.M.Fernandes - Vidreira e Aluminio | Manel D'Água | CEC - Centro de Ensino de Cabeleireiro de Santarém | Negócio de Familia | E.Nove | Rádio Cartaxo | Revista Dada | Teatral-mente Falando | Cultura de Borla | Guia dos Teatros

Facebook: https://www.facebook.com/escandalonasnoticiasdanoite
Centro Cultural do Cartaxo
Rua 5 de Outubro | 2070-059 Cartaxo, Portugal
Teatro . M12
Bilhetes: 5€ 
Reservas: 243 701 600 
centroculturalcartaxo@gmail.com

segunda-feira, 16 de março de 2015

A Área de Serviço prepara um Dia Mundial do Teatro em grande, venha celebrar connosco!


Festival de Teatro da União de Freguesias Lapa e Ereira

Na Casa do Povo da Ereira, Frederico Corado, encenador e director artístico da Área de Serviço, numa conversa sobre teatro com José Raposo e Carlos Carvalheiro, moderada por Rita Correia Alves.